Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
18/05/18 às 15h25 - Atualizado em 11/06/18 às 15h41

Conheça o Hemocentro

A Fundação Hemocentro de Brasília (FHB) é vinculada à Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) e foi constituída pela Lei nº 206 de 12 de dezembro de 1991 com personalidade jurídica de direito público, sem fins lucrativos, de caráter científico-tecnológico, educacional e de prestação de serviços à população do DF. Até a criação da FHB, o primeiro “Hemocentro de Brasília” era uma gerência do antigo Instituto de Saúde do DF, hoje Laboratório Central (Lacen-DF).

 

O Decreto 14.937 de 13 de agosto de 1993 aprovou o Estatuto da FHB e atribuiu à instituição a coordenação do Sistema de Sangue, Componentes e Hemoderivados (SSCH), com o objetivo de integrar todos os bancos de sangue da então Fundação Hospitalar do Distrito Federal. A centralização das atividades possibilitou a modernização do controle do sangue e hemocomponentes com padronização de metodologias e reagentes, atualização de técnicas, maior economia e segurança transfusional. Em 2012, a FHB tornou-se o centro de referência para o tratamento das coagulopatias hereditárias no DF, em especial as hemofilias.

 

O Hemocentro tem como missão formular, coordenar e executar a política de sangue e seus componentes, garantindo à população serviços e produtos seguros, com qualidade e em quantidade, sendo responsável pelo atendimento de 100% das demandas de sangue do Sistema Único de Saúde (SUS) no DF. A responsabilidade da instituição se estende ao suprimento de insumos e equipamentos e à coordenação das 13 agências transfusionais dos hospitais públicos do DF.

 

O estoque de sangue da FHB é monitorado em tempo real por um sistema informatizado próprio. Dessa forma, quando é identificado qualquer risco de sua redução, imediatamente são desencadeadas medidas de mobilização de doadores. Os meios de chamar a população variam entre mensagens, e-mails, uso de redes sociais e mídia. Nos últimos anos, o número de doações vem crescendo no Distrito Federal, em média 1,5%. Em 2017 o Hemocentro recebeu 50.533 doações, o que correspondeu a 74.877 transfusões de hemocomponentes. São, em média, 4.700 doações ao mês.

 

 

Educação e tecnologia

 

Além do serviço de coleta de sangue, o Hemocentro capacita voluntários multiplicadores para mobilização de doadores e promove ações educativas voltadas aos potenciais doadores, como o projeto Doador do Futuro, e oferece treinamentos aos profissionais de saúde a respeito do uso adequado do sangue e hemoderivados, assim como o atendimento aos pacientes portadores de coagulopatias hereditárias.

 

Em relação ao parque tecnológico, a FHB possui o único Laboratório de Imunologia de Transplantes (LIT) do Distrito Federal, que realiza todos os exames que dão suporte aos transplantes de órgãos. O LIT é também responsável pelos exames de cadastramento dos candidatos à doação de medula óssea no sistema coordenado pelo Ministério da Saúde (Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea).

 

O Hemocentro também mantém em sua estrutura física o Banco de Sangue de Cordão Umbilical e Placentário (BSCUP) e o Banco de Células de Medula Óssea, sendo a instituição responsável pelo processamento e criopreservação das células tronco-hematopoéticas para os transplantes realizados para o SUS no DF.

 

 

Certificação ISO 9001

 

A FHB é a única instituição de saúde pública do DF certificada com o Selo de Qualidade ISO 9001:2015, concedido pela RINA Brasil Serviços Técnicos LTDA em 2018. A primeira certificação foi obtida em 2012, conforme a versão anterior da norma (ISO 9001:2008), e contemplou o Ciclo do Sangue do Hemocentro. Em 2017, houve ampliação do escopo da certificação, que passou a abranger os laboratórios de hemostasia e imuno-hematologia, bem como o LIT, o BSCUP e o Banco de Células de Medula Óssea.

 

A nova certificação se deu pelo estrito cumprimento de normas técnicas que mantêm o elevado padrão de excelência dos serviços da instituição. Paralelamente, o Hemocentro busca a certificação internacional de qualidade da Associação Americana de Bancos de Sangue (AABB).

 

A busca pela excelência, porém, não se restringe às atividades técnicas. Em 2016, a FHB desenvolveu um projeto-piloto junto à Controladoria Geral do Distrito Federal (CGDF) para gestão de riscos, nos moldes da ISO 31.000, sendo uma das primeiras instituições públicas do DF a desenvolver um plano de implantação de ações de controle de riscos.

 

Atualmente, a fundação está engajada em um novo projeto na área de integridade, novamente em parceria com a CGDF. Assim, consolida-se como referência não só na área técnica da hemoterapia e atenção aos pacientes portadores de coagulopatias hereditárias, como também na área de gestão pública.

 

Como instituição pública de saúde, a Fundação Hemocentro de Brasília é reconhecida pela população do DF pela excelência do atendimento e qualidade de seus serviços, contando com um índice de aprovação – bom e ótimo – de 96% dos usuários. Ainda assim, a FHB está sempre aberta a receber críticas e sugestões dos usuários pela ouvidoria, serviço que foi contemplado pelos órgãos de controle como um dos melhores do DF em 2017.

Fundação Hemocentro de Brasília - Governo do Distrito Federal

FHB

Setor Médico Hospitalar Norte, quadra 3, conjunto A, bloco 3. Asa Norte, Brasília-DF. CEP: 70.710-908.