Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/03/18 às 12h38 - Atualizado em 29/10/18 às 15h40

Sinceridade garante 100% da qualidade de sangue doado no Hemocentro

Responder questões na triagem de forma verdadeira elimina riscos de transmissão de doenças na doação

Alline Martins, da Agência Saúde


Quando o assunto é doação de sangue, querer ser doador nem sempre é poder. Para garantir a segurança do material colhido, a avaliação do candidato no Hemocentro de Brasília é rigorosa. São quatro etapas que incluem exames e triagem clínica. A receita para uma doação satisfatória inclui um ingrediente extremamente importante: a sinceridade do candidato na hora de responder às perguntas do examinador.

“A triagem clínica consiste em entrevista que engloba 43 questões, por exemplo, se a pessoa fez tatuagem ou colocou piercing nos últimos 12 meses, ou se fez alguma viagem a outro estado ou ao exterior recentemente, pois as respostas influenciam”, detalha a chefe do Núcleo de Triagem do Hemocentro, Kamila Moraes.

Isso porque alguns vírus ou bactérias podem ficar encubados na pessoa por um período chamado de janela imunológica, não sendo possíveis de serem identificados em exames de sangue. “Garantimos 99,9% de segurança na triagem. Este 0,1% fica por conta da sinceridade do candidato na hora de responder aos questionamentos.”

Na triagem de doadores, a Fundação Hemocentro de Brasília obedece a normas do Ministério da Saúde. O alto rigor no cumprimento dessas normas visa a oferecer segurança e proteção ao receptor e ao doador. As restrições estão descritas no site da instituição. Em 2017, dos 77.643 candidatos a doação, 24% não puderem doar por algum motivo, índice que é também a média nacional. Os motivos mais comuns da negativa são anemia, comportamento de risco e uso de certas medicações.


ETAPAS

A doação consiste em quatro etapas. A primeira é a identificação feita por meio de documento oficial com foto, seguida da pré-triagem – quando são coletados dados físicos gerais do doador, como a pressão arterial, pulso, peso e altura, além de um teste para detecção de anemia. Na terceira etapa, é realizada a triagem clínica, quando o candidato responde um questionário. Por fim, a coleta. O sangue retirado passa por exames laboratoriais, para detecção de doenças como HIV, Chagas e hepatites.

A coleta de sangue dura aproximadamente 10 minutos. Serão coletados de 400 a 490 ml de sangue. Cada doação pode atender até quatro pessoas. O agendamento para doação pode ser feito pelo 160, opção 2.

Fundação Hemocentro de Brasília - Governo do Distrito Federal

FHB

Setor Médico Hospitalar Norte, quadra 3, conjunto A, bloco 3. Asa Norte, Brasília-DF. CEP: 70.710-908.