Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/12/20 às 8h09 - Atualizado em 24/03/21 às 12h24

Número de pesquisas científicas no Hemocentro dobra em 2020

COMPARTILHAR

 

O Comitê de Pesquisa e Desenvolvimento Institucional (CPDI) da Fundação Hemocentro de Brasília (FHB) recebeu 12 projetos de pesquisa em 2020. Desses, 11 foram aprovados e já estão em andamento. O número corresponde a um aumento de mais de 100% em relação ao ano anterior, quando a instituição analisou cinco propostas de pesquisadores.

 

As 12 pesquisas submetidas bateram a meta estratégica estabelecida pelo CPDI para o triênio de 2020-2023, de 10 projetos a serem analisados por ano. A FHB dispõe atualmente de R$ 100 mil em previsão orçamentária anual para o fomento de pesquisa na instituição.

 

Ao todo, sete projetos possuem como pesquisador responsável servidores do Hemocentro. Entre eles, a pesquisa “Implantação do Ensaio da Monocamada de Monócitos (MMA) e testes sorológicos complementares para auxílio na resolução de casos imunohematológicos complexos de pacientes atendidos na Fundação Hemocentro de Brasília”, encabeçada pelo biomédico Diego Franciel Marques Mühlbeier, chefe do Núcleo de Imuno-Hematologia (NUIH).

 

A pesquisa, que teve início em 2020, já apresentou resultados preliminares positivos e, caso concluída com sucesso, pode impactar diretamente na rotina do Hemocentro. Isso porque a testagem investigada tem o potencial de melhorar a qualidade do ato transfusional em pacientes aloimunizados atendidos no laboratório de imuno-hematologia de pacientes da FHB.

 

Durante a pandemia do novo coronavírus, ganhou visibilidade ainda o projeto desenvolvido pelo pesquisador André Nicola, da Universidade de Brasília (UnB), em parceria com o diretor executivo do Hemocentro, Alexandre Nonino, sobre o uso de plasma convalescente de Covid-19 no tratamento de infectados pela doença.

 

Até o momento, houve 25 doações, e 12 transfusões de plasma convalescente foram realizadas – todas em pacientes internados no Hospital Regional da Asa Norte (HRAN). Há, ainda, outras 12 bolsas de plasma convalescente no estoque do HRAN disponíveis para transfusão. O cadastro de voluntários foi aberto em 30 de abril e está suspenso desde 30 de junho, após o registro de 450 interessados. A depender dos desdobramentos da pesquisa, o cadastro pode ser reaberto.

 

Como submeter um projeto

 

O pesquisador interessado em submeter o seu projeto ao CPDI deverá entrar no site da Fundação Hemocentro de Brasília para obter as informações necessárias à apresentação da pesquisa. O envio da documentação por servidores da instituição é feito via SEI e, por pesquisadores externos, por meio do e-mail cpdi@fhb.df.gov.br.

O CPDI tem natureza técnico-científica, com caráter multidisciplinar, e é composto por servidores da área finalística e administrativa do Hemocentro. Compete ao comitê propor políticas e ações na área de pesquisa e desenvolvimento institucional, além de atuar na análise, acompanhamento e desenvolvimento de projetos de pesquisas científicas dos servidores ou de pesquisadores externos em parceria com a FHB.

 

Pesquisas iniciadas em 2020 

 

“A importância do controle microbiológico na prevenção de reação transfusional por contaminação bacteriana”

  • Pesquisador responsável externo: Lídia Maria Pinto de Lima (UCB)
  • Colaborador:Fábio de França Martins (Geprod)

 

“Aplicação de conceitos da Economia Comportamental para aumentar a fidelização de doadores de sangue na Fundação Hemocentro de Brasília”

  • Pesquisador responsável externo Marcos Moreira (Enap)

 

“Proteômica Subcelular e Interactômica em Plasmodium falciparum por marcação de proximidade baseado em APEX2 e edição CRISPR”

  • Pesquisador responsável externo: Sébastien Olivier Charneau
  • Colaborador FHB: Agenor Santos (Nusut)

 

“Anticorpos na terapia da Covid-19: estudo clínico de fase IIa com plasma de convalescentes e geração de anticorpos monoclonais humanos”

  • Pesquisador responsável externo: André Moraes Nicola (UnB)
  • Colaborador FHB: Alexandre Nonino (Direx)

 

“Análise da implantação da supervisão técnica nas agências transfusionais da hemorrede pública do Distrito Federal e seus efeitos nas atividades de hemovigilância”

  • Pesquisador responsável da FHB: Marcela Moreira Coelho (PR)

 

“Determinação do perfil de antígenos eritrocitários por métodos sorológicos e moleculares em doadores de sangue da Fundação Hemocentro de Brasília – Distrito Federal”

  • Pesquisador responsável da FHB: Diego Franciel Marques Mühlbeier (NUIH)

 

“Genotipagem de grupos sanguíneos em pacientes da Hemorrede do Distrito Federal”

  • Pesquisador responsável da FHB: Diego Franciel Marques Mühlbeier (NUIH)

 

“Implantação do Ensaio da Monocamada de Monócitos (MMA) e testes sorológicos complementares para auxílio na resolução de casos imunohematológicos complexos de pacientes atendidos na Fundação Hemocentro de Brasília”

  • Pesquisador responsável da FHB: Diego Franciel Marques Mühlbeier (NUIH)

 

“Desempenho das agências transfusionais da hemorrede pública do Distrito Federal após implementação da auditoria interna da qualidade”

  • Pesquisador responsável da FHB: Vanessa Carvalho Pereira de Moura (Ashemo)

 

“Gestão de Riscos no âmbito da Administração Pública do Distrito Federal”

  • Pesquisador responsável externo: Maria Ester Lessa Brandão Nogueira de Oliveira Moraes (EAB/IDP)
  • Colaborador FHB: Anna Karina Vieira da Silva (Asplan)

 

“Fatores associados à fidelização do doador de sangue da Fundação Hemocentro de Brasília”

  • Pesquisador responsável da FHB: Nathália Lima Pedrosa (Asplan)

Fundação Hemocentro de Brasília - Governo do Distrito Federal

FHB

Setor Médico Hospitalar Norte, quadra 3, conjunto A, bloco 3. Asa Norte, Brasília-DF. CEP: 70.710-908.